-

Morrem vítimas da explosão de gás de cozinha em casa na Paraíba

De acordo com a unidade de saúde, a dona da casa de 29 anos, que teve 70% do corpo queimado morreu no domingo (17), depois de sete dias internadas na UTI do setor de queimados do Trauma-CG



                                                                             
Casa ficou destruída
Reprodução/ TV Correio

Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande confirmou a morte das duas pessoas que tiveram queimadas graves em decorrência da explosão do botijão no domingo (10), no bairro da Liberdade, em Campina, no Agreste do estado.

De acordo com a unidade de saúde, a dona da casa de 29 anos, que teve 70% do corpo queimado morreu no domingo (17), depois de sete dias internadas na UTI do setor de queimados do Trauma-CG. Um homem, de 36 anos, que foi tentar conter o vazamento, mas foi atingido na explosão morreu nesta segunda-feira (18).
Segundo vizinhos, a dona da casa sentiu que o botijão estava escapando gás e chamou o vizinho para auxiliar no conserto da mangueira, foi quando houve a explosão. Os dois foram atingidos pelas chamas e ficaram feridos.
Segundo o Corpo de Bombeiros, a estrutura da casa também foi bastante atingida, além de três carros que estavam estacionados na garagem e nas proximidades da casa. As duas pessoas que tiveram queimaduras foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiram.

Fonte: portal correio

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias