-

PESQUISA IBOPE: Cartaxo lidera disputa para Prefeitura de João Pessoa com 52%, mas Cida surpreende

                        

Instituto ouviu 602 eleitores entre os dias 20 e 23 de agosto.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (24) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura de João Pessoa:
– Luciano Cartaxo (PSD) – 52%
– Cida Ramos (PSB) – 23%
– Professor Charliton (PT) – 2%
– Victor Hugo (PSOL) – 2%
– Branco/nulo – 15%
– Não sabe/não respondeu – 6%
A pesquisa foi encomenda pela Televisão Cabo Branco.
O Ibope ouviu 602 eleitores entre os dias 20 e 23 de agosto. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de quatro pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) sob o protocolo PB-06426/2016.
Rejeição
O Ibope também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é a Victor Hugo (46%). Na sequência, aparecem Professor Charliton (43%), Cida Ramos (37%) e Luciano Cartaxo (25%). A pesquisa ainda registrou rejeição a todos os candidatos (5%) e que 14% declararam não saber responder.
Avaliação da administração Cartaxo
Na mesma pesquisa, os eleitores também responderam sobre a avaliação da administração do prefeito Luciano Cartaxo. Veja os números:
– Ótima – 12%
– Boa – 33%
– Regular – 41%
– Ruim – 4%
– Péssimo – 8%
– Não sabem avaliar – 3%
Nos termos da lei, as informações a seguir sobre a pesquisa Ibope divulgada nesta quarta correspondem às especificações técnicas de divulgação obrigatória das pesquisas eleitorais.
Período de campo: A pesquisa foi realizada nos dias 20 a 23 de agosto de 2016.
Tamanho da amostra: Foram entrevistados 602 votantes.
Margem de Erro: A margem de erro estimada é de 4 (quatro) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.
Nível de confiança: O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
Solicitantes: Pesquisa contratada por TELEVISÃO CABO BRANCO LTDA.
Registro Eleitoral: Registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº PB-06426/2016.
OPINIÃO:
RUBENS NÓBREGA – DO PORTAL DO JORNAL DA PARAIBA
Embora a distância para o primeiro colocado seja grande e a preço de hoje garanta a reeleição de Luciano Cartaxo (PSD) já no primeiro turno, foi uma surpresa enorme para este blogueiro o índice de intenções de voto da candidata Cida Ramos (PSB) na primeira pesquisa Ibope sobre a disputa pela Prefeitura de João Pessoa, divulgada hoje (24).
Até a divulgação dos resultados do Ibope pela TV Cabo Branco, na noite desta quarta-feira, apostava que Cida não teria além de 12 pontos percentuais na preferência do eleitorado, neste momento. O dobro que foi apurado (23%), então, não frequentava nem em sonhos as minhas expectativas mais otimistas em relação ao desempenho da candidata do governador.
“Veja bem”, como diria o senador José Maranhão. O projeto Cida Ramos de Ricardo Coutinho foi lançado há apenas três meses e 20 dias. Período tão curto assim para ‘massificar’ um nome, como dizem os marqueteiros, dá um bom lastro ao meu espanto. Principalmente quando lembro de 2012 e da primeira pesquisa Ibope daquele ano para prefeito da Capital.
Naquela peleja, a então candidata do governador – Estelizabel Bezerra – recebia apenas 9% das intenções de voto quando já estava em campanha há pelo menos sete meses. A hoje deputada estadual do PSB foi lançada pré-candidata no dia 19 de janeiro de 2012. Cida, em 2 de maio deste ano.
Eleição plebiscitária
Esses primeiros números confirmam, de outro lado, avaliação que fiz em post anterior, no qual conferi caráter plebiscitário à eleição deste ano em João Pessoa. Avaliação fundada no afunilamento do páreo para as candidaturas de Cartaxo e de Cida, hoje coadjuvadas por duas ex-candidaturas a prefeito, de Manoel Júnior pelo PMDB e de Wilson Filho pelo PTB, que apresentavam visível potencial para provocar um segundo turno, mas foram incorporados como candidatos a vice das duas maiores estruturas.
De qualquer sorte para uns e azar para outros, Luciano Cartaxo sabe que não dá para comemorar a liderança folgada desse primeiro Ibope, muito menos os 25 pontos percentuais que o separam de Cida Ramos. Primeiro porque se ela cresceu tanto em tão pouco tempo, tem, em tese, condições de crescer bem mais na reta final de campanha. Segundo porque tem um padrinho político chamado Ricardo Coutinho, que deve jogar ainda mais pesado este ano para reconquistar a Prefeitura da Capital, ainda mais porque sabe que em dois anos ou menos deixará o poder que pode na Paraíba.
Como se fosse pouco, para também assombrar as chances de vitória em primeiro turno do atual prefeito, que ninguém menospreze a possibilidade de crescimento do candidato petista. Charliton Machado já mostrou em entrevistas e nos primeiros debates que não está nessa para fazer número, fita e – nem pensar! – papel de escada para a candidata do PSB. Como bom professor que é, o homem sabe transmitir e convencer. Com boa didática e enorme domínio sobre os problemas da cidade e das gestões municipais, a de agora e a do padrinho de Cida.
Fonte: Do G1 PB
Créditos: Do G1 PB
via: polemica PB

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias