-

Eduardo Cunha é cassado por 450 votos a 10 e fica inelegível até 2027

                      O plenário entendeu que Cunha mentiu em depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras, em maio de 2015 (Foto: Adriano Machado/Reuters)
 O plenário entendeu que Cunha mentiu em depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras, em maio de 2015 (Foto: Adriano Machado/Reuters)




A Câmara dos Deputados cassou o mandato de Eduardo Cunha (PMDB/RJ). A votação teve início com atraso na noite desta segunda-feira (12) e terminou com 450 votos a favor da cassação a 10 contra. 
O processo durou quase um ano e foi marcado por muitas idas e vindas.
Além dos 450 votos, foram computadas nove abstenções. Eduardo Cunha já havia renunciado à presidência da Casa meses antes. 
O plenário entendeu que Cunha mentiu em depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras, em maio de 2015, ao afirmar que não possuía contas no exterior.

Ele negou as acusações e disse que as contas estão no nome de um trust. Por conta da cassação, ele fica inelegível até 2027. 
POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias