-

Maranhão e Lira comentam decisão do STF em manter Renan na Mesa do Senado

                                   


                                           maranhao-lira






Os senadores paraibanos,  Jose Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB), comentaram, nesta quarta-feira (7), a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em manter Renan Calheiros (PMDB-AL) na Presidência do Senado.
 Em entrevistas ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Arapuan FM, os  peemedebistas consideraram que o entendimento da maioria dos ministros do STF foi   “melhor para o Brasil”.
Para Maranhão, a manutenção ou não de Renan não influenciaria muito nos projetos da Casa. Mas, segundo o senador, é preciso sempre buscar entendimentos que sejam melhores para o país.
Escute
Audio Player
Já Raimundo Lira disse que foi  correta a decisão tomada pelo STF. Para ele,  um presidente de um Poder não poderia ser destituído do cargo apenas por força de liminar.
Escute
Audio Player
Na segunda-feira (5), o ministro Marco Aurélio havia concedido liminar destituído Renan da Presidência do Senado por ele ser  2ª autoridade na linha sucessória do presidente da República. Renan estaria impedido de assumir ao cargo, caso fosse o caso, por está sendo processado do STF.
Hoje os ministros mantiveram o peemedebista na Mesa da Casa mas sem condição de ocupar a Presidência em  ausência de Michel Temer (PMDB) e do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM).
Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Celso de Melo, Dias Toffoli, Teori Zavaski e a presidente da corte, Cármen Lúcia, divergiram de Marco Aurélio e mantiveram Renan no comando do Senado.  Rosa Webber, Edson Fachin, Marco Aurélio opinaram pelo afastamento do alagoano.
Roberto Targino – MaisPB

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias