-

Orçamento 2017 de JP deixa margem para concurso público, garante secretária

Secretaria, no entanto, ressaltou que eventuais contratações de servidores em 2017 serão feitas com análise prévia da situação do órgão a ser atendido e da capacidade financeira do município






                                 Imagem Ilustrativa
                                          Imagem Ilustrativa



A secretária de Planejamento de João Pessoa, Daniela Bandeira, confirmou que o projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), que espera a aprovação pela Câmara de Vereadores, deixa brechas para reajuste dos servidores municipais e contratação de efetivos, em substituição aos temporários. O orçamento previsto para 2017 é de pouco mais de R$ 2 bilhões.

Leia também: Ricardo descarta reajuste de servidor e concurso público em 2017

A secretaria, no entanto, ressaltou que eventuais contratações de servidores em 2017 serão feitas com análise prévia da situação do órgão a ser atendido e da capacidade financeira do município.


Segundo Daniela Bandeira, haverá uma negociação mais apurada com as categorias dos servidores, no caso de definição de eventuais recomposições salariais. Mesmo em um momento de crise, a secretária argumentou que a Prefeitura de João Pessoa manterá os mesmos níveis de investimento em infraestrutura em 2017.

Daniela Bandeira ainda observou que gastos com Saúde e Educação, de acordo com o detalhado na LOA, ficarão acima dos percentuais definidos constitucionalmente.

O projeto da Lei Orçamentária está em tramitação na Câmara Municipal de Vereadores de João Pessoa (CMJP). Todas as audiências públicas já foram realizadas, faltando apenas levar o projeto para votação em plenário. Os vereadores marcaram a votação para o dia 29 deste mês.

A entrevista da secretária de Planejamento do município de João Pessoa foi concedida ao 'Correio Debate', da TV Correio, nessa quarta-feira (21).


portal correio



Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias