-

Prefeito de Cacimba de Dentro esclarece que responsabilidade de folhas dos servidores de dezembro e do gestor anterior, mais vai solucionar Veja.

Prefeito Nelinho Costa



         Prefeito Constitucional do município de Cacimba de Dentro Nelinho Costa esclarece que responsabilidade de folhas dos servidores de dezembro e do gestor anterior, e até a presente data não recebeu as prestações de contas referente a dezembro.

         Cacimbenses. De forma infundada e por razões claramente políticas os vereadores da oposição protocolaram denúncia no TCE para que a nossa gestão pagasse o salário de dezembro de 2016.  Algumas indagações são indispensáveis: Se havia dinheiro na conta porque o ex-gestor não efetuou o pagamento? De acordo com a notícia veiculada em site, a ordem bancária foi encaminhada ao banco entre os dias 28, 29 e 30 de dezembro, porém eu não era prefeito, então o pagamento deveria ter sido efetuado. Um outro questionamento se faz importante: Na prefeitura e na Câmara Municipal não exitem documentos do balancete referente ao mês de Dezembro de 2016, ou seja, eu na condição de prefeito não tive acesso às dívidas e débitos do último mês de 2016. Agora, como a prefeitura não tem os documentos  referentes ao mês de Dezembro e os vereadores já possuem extratos bancários? Documentos Públicos estão sendo disponibilizados aos vereadores sem que se quer existam no acervo da Câmara e da Prefeitura? Conforme vocês podem verificar, encaminhei à Câmara Ofício solicitando o balancete contábil do mês de dezembro e recebi Certidão da Casa Legislativa de nossa cidade dando ciência de que não existe nenhum documento no acervo daquela casa que se refira aos balancetes de Dezembro. Iremos ao Ministério Público noticiar esse grave erro, pois se não há documento na Prefeitura e na Câmara, como pode os vereadores já terem em mãos? É muito óbvio e o povo não é bobo nem massa de manobra. Não tive acesso ao pagamento da folha de pessoal e quem não recebeu de forma oficial, inclusive como a vereadora Ozana era Chefe do Departamento Pessoal poderia nos explicar porque o notebook do setor não constava nenhuma informação e tudo estava deletado, inclusive estaremos efetuando denúncia aos órgãos competentes dessa falta de responsabilidade com a gestão pública. Nós somos diferentes, faremos tudo dentro da legalidade. Estamos trabalhando diuturnamente para tentar solucionar problemas deixados pela administração ultrapassada e irresponsável do ex-gestor. Faremos tudo com cautela e respeito, pois não estamos brincando de administração e muito menos lhe dando com o que é nosso. Os recursos são do povo e para o povo. Estamos colocando a casa em ordem, enfrentando dificuldades e obstáculos deixados pela gestão passada. Temos que ter acesso a este balancete de dezembro de 2016 para que possamos dar andamento à administração e pagar o que for de débito dentro das possibilidades. São muitas irregularidades que estamos lutando para legalizar. A dívida do pagamento de dezembro de 2016 é de responsabilidade da gestão anterior e não estamos nos eximindo de pagar, porém estamos em auditoria para que não prejudiquemos o município. Os vereadores da oposição se precipitaram e estão fazendo denúncias sem cabimento e sem nenhum respaldo legal. Faremos tudo claramente e de forma transparente. Tudo comunico à população. Agora procurem uma postagem do ex-gestor que eles defendem esclarecendo ao povo qualquer situação. Convoco os vereadores a serem fiéis ao seu povo e dizer a verdade, inclusive postando documentos das irregularidades deixadas. Falar é fácil, quero ver fazer gestão de forma ampla e responsável. Como levei ao conhecimento da população, o primeiro repasse do FPM foi quase zerado, pois foi descontado dívidas previdenciárias do mês de novembro do ano passado. O ex-gestor descontou dos servidores e não repassou ao INSS o valor de R$ 280.562,57 mil reais. Ainda teremos que pagar  os valores do mês de dezembro que somam R$ 293.975,23 mil reais e referente ao décimo terceiro o valor de R$ 254,063,35 mil reais  que não foram repassados ao INSS e nós que teremos que pagar. A denúncia dos nobres vereadores foi muito pertinente pois teremos a oportunidade de levar ao conhecimento do TCE a ausência dos documentos na prefeitura. Quero aproveitar para solicitar as vereadores que assinem a denúncia que faremos junto ao Ministério Público Federal a respeito dessa irregularidade junto ao INSS que os documentos que comprovam as informações aqui disponibilizadas.














Fonte:Diario de cacimba de dentro

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias