-

Padrasto de Rebeca Cristina será ouvido nesta quinta-feira

Edvaldo Soares da Silva, padrasto de Rebeca Cristina, será ouvido às 14h desta quinta-feira (09), no 1º Tribunal do Júri, em João Pessoa. Na ocasião, testemunhas decidirão se o réu irá a júri popular. O padastro, que é cabo da Polícia Militar (PM), foi acusado do estupro e assassinato da jovem em julho de 2011, morta quando fazia o trajeto entre a casa da família e o colégio onde estudava, em Mangabeira VIII, Zona Sul de João Pessoa.
Segundo o inquérito da Polícia Civil, pelo menos 22 indícios apontam o envolvimento de Edvaldo Soares no crime. Para a polícia, Rebeca Cristina foi assassinada porque descobriu um caso extraconjugal do padastro após ler mensagens no celular do mesmo.
O Ministério Público denunciou Edvaldo Soares por estupro e homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e mediante circunstâncias que impossibilitaram a defesa da vítima. Para o Ministério Público, não há dúvidas da participação dele no crime.
O advogado de defesa, porém, diz que não há qualquer prova material que comprove envolvimento de Edvaldo Soares no crime.
MaisPB

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias