-

Vitalzinho nega ajuda do TCU e contrata assessoria para se defender de acusações

A coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, publicou nesta sexta-feira (14) que o ministro paraibano Vital do Rêgo Filho, do Tribunal de Contas da União (TCU), recusou ajuda oferecida por presidente da Corte, Raimundo Carreiro, por conta da crise instalada com a inclusão do nome do ex-senador entre os investigados na Operação Lava Jato, no Supremo Tribunal Federal (STF).
Segundo a coluna, Vitalzinho recusou a “estrutura de comunicação do órgão para que ele pudesse responder à acusação de ter recebido R$ 350 mil da Odebrecht”. O paraibano agradeceu a ajuda oferecida, mas preferiu contratar uma assessoria para se defender.
Com;Paraíba Já
Por:Diário de Cacimba de Dentro

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias