-

PF faz operação para desarticular quadrilha da PB que comanda tráfico dos presídios

A Polícia Federal amanheceu nas ruas da Paraíba. Os policiais acordaram cedo, e saiam para cumprir mais uma operação. Deflagrada no início desta quinta-feira (27) a operação Gerônimo tem como com o objetivo de desarticular uma organização criminosa da Paraíba responsável por grande parte do tráfico de drogas no estado.

Dezenas de viaturas estão nas ruas para cumprir os mandados de prisão. Segundo informações preliminares, a operação deve cumprir 86 mandados judiciais, sendo 31 de prisão preventiva, 36 de busca e apreensão e 19 de condução coercitiva, além de ordens judiciais de bloqueio de valores depositados em contas correntes.


Ainda de acordo com a PF, a operação Gerônimo envolve cerca de 120 policiais federais nos estados de Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Rondônia, além da Paraíba. A investigação da Polícia Federal, iniciada há cerca de uma ano, apontou que a organização criminosa paraibana surgiu dentro de presídios para estabelecer um monopólio do tráfico de drogas. Até as 7h15, a Operação Gerônimo ainda estava em curso.


Segundo a PF, o grupo ainda é responsável por crimes patrimoniais, conhecido por ações de extrema violência e homicídios em série. Mais de 330 kg de drogas pertencentes à facção foram apreendidos pela Polícia Federal, permitindo a obtenção de provas de autoria da prática de todas as etapas tráfico de drogas, coordenadas do interior de unidades prisionais. A investigação da PF identificou que o grupo envia drogas desde a região de fronteira até a distribuição em pontos de venda de drogas na Paraíba.


O trabalho da Polícia Federal permitiu também a identificação de mecanismos usados pela organização criminosa para lavagem de dinheiro. Os valores da facção encontrados pela Polícia Federal na circulação financeira foram bloqueados. O nome da Operação faz alusão à ação militar da CIA e do grupo SEAL da Marinha Americana, desencadeada no Paquistão, que tinha por objetivo capturar o líder do grupo terrorista Al-Qaeda, Osama Bin Laden.


Com:PB Agora


Por:Diário de Cacimba de Dentro

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias