-

Suspeito de matar tia estrangulada se apresenta à Polícia e nega crime

O principal suspeito da morte de uma idosa em Campina Grande, George Tayrone, se apresentou na madrugada desta segunda (8) à Polícia Civil, e afirma não ter qualquer relação com o crime.
Segundo George, ele soube da morte de sua tia por um conhecido que viu uma notícia, o que o deixou ‘desesperado’. O suspeito ainda pediu que a Perícia fosse feita.
O corpo de uma idosa foi encontrado no interior de sua residência, na noite de sábado (6), no bairro da Palmeira, em Campina Grande. De acordo com a Polícia, a mulher foi morta por estrangulamento e o principal suspeito de ter praticado o crime é sobrinho da vítima.
George Tayrone Sousa Pena, 25 anos, teria utilizado um fio para assassinar a tia, Maria da Penha Oliveira Sousa, de 63 anos. Vizinhos relataram a polícia que ouviram uma discussão entre os dois, pela manhã, seguida de uma forte pancada. Logo após, apenas o som da televisão podia ser escutado.
A suspeita é que após praticar o crime o homem fechou a casa e fugiu. O corpo só foi encontrado à noite, quando vizinhos desconfiaram da situação e ligaram para outros parentes da vítima. O irmão da vítima arrombou a porta da casa e encontrou a idosa já sem vida.
Veja vídeo:
MaisPB com Márcio Rangel

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias