-

Deputados divergem sobre oferta de Bolsonaro por voto em reforma

Deputados divergem sobre oferta de Bolsonaro  por voto em reforma
A que tudo indica os deputados federais paraibanos Ruy Caneiro (PSDB) e Hugo Motta (PRB) divergem sobre a proposta recente do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM/RS) ofereceu um extra de R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 a cada deputado federal que votar a favor da reforma da Previdência no plenário da Câmara. Enquanto Ruy diz que ainda não foi procurado pro nenhum representante do governo para tratar dessa oferta Hugo revela que não considera a liberação de recursos uma barganha política.

Recentemente Onyx Lorenzoni (DEM/RS) ofereceu um extra de R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 a cada deputado federal que votar a favor da reforma da Previdência no plenário da Câmara.  O valor representa um acréscimo de 65% nos R$ 15 milhões em emendas parlamentares a que cada deputado tem direito por ano para obras e investimentos de infraestrutura em seus redutos eleitorais. Com os R$ 10 milhões extras por ano, esse valor pularia para R$ 25 milhões.

Questionado sobre essa proposta do governo Bolsonaro, Ruy Carneiro  que também preside o PSDB da Paraíba disse que nunca foi procurado para tratar sobre essa oferta. “Votarei ou não na reforma dependendo do texto final”, disse o tucano.

Já o presidente estadual do PRB Hugo Motta, disse não considerar a oferta uma barganha política do governo Bolsonaro. “Nosso orçamento é impositivo essas emendas são liberadas independente de quem estivesse à frente dos destinos do país, então não vejo barganha de maneira nenhuma”, disse Hugo.


Redação/PBAgora

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias