-

Onda de assaltos deixa população de Bananeiras assustada e insegura

Bananeiras sofre com ondas de assaltos e população clama por socorro.
Sair de casa, andar na rua, ir ao supermercado, atividade simples do dia a dia tem se tornado tormento para muita gente, principalmente para quem já foi vítima dos bandidos.
Bananeiras, no Brejo paraibano, era uma cidade pacata, mas aos poucos está perdendo essa qualidade com a falta de segurança. Nos últimos dias a população tem visto o crescimento da ação da bandidagem. Foram vários assaltos a motocicletas e a estabelecimentos comerciais somente nessas últimas semanas.
Com uma população estimada em mais de 23 mil habitantes, Bananeiras vem se desenvolvendo na área do turismo, o problema é que o crescimento é registrado também na violência. A situação está tão crítica, que alguns moradores, assustados, já pensam em fazer justiça com as próprias mãos.
Em uma semana, tivemos o registro de pelo menos quatro roubos a estabelecimentos no Município. Duas farmácias foram assaltadas, uma localizada no Centro da cidade e a outra no conjunto Augusto Bezerra, um posto de combustíveis e uma loja. Mais de seis motos já foram tomadas por assaltos, tanto na zona urbana quanto na zona rural, além dos relatos de roubos de celulares e outros objetos de cidadãos, que acontecem frequentemente, tanto na cidade baixa quanto na cidade alta.
O morador, pastor Maurício, tem acompanhado essa onda crescente de assaltos e disse, ao Bananeiras Online, “que o povo vem sofrendo com a falta de policiamento e solicita das autoridades públicas municipais e estaduais o cumprimento do art. V, capítulo III, em segurança do povo e do município”.
A polícia tem feito blitz pontuais pela cidade, mas isso não tem inibido a atuação dos meliantes, que continuam cometendo ações criminosas. A população clama por socorro e espera uma resposta rápida e enérgica por parte dos poderes públicos, para dirimir essa criminalidade.
Bananeiras Online

Compartilhe :

veja também

Publicidade Publicidade Cacimba de Dentro-PB Secretaria de Educação Facebook

últimas notícias